ID
PW
Login  Register  Help
My album reviews/comments My collection My wish list
Project46 - Doa a Quem Doer cover art
Band
Albumpreview 

Doa a Quem Doer

(2011)
TypeStudio Full-length
GenresMetalcore
Album rating :  -
Votes :  0
Lyrics > P > Project46 Lyrics (19) >

Doa a Quem Doer Lyrics

(9)
Submitted by level Hykez
1. 809072 (1:00)
2. Atrás das Linhas Inimigas (4:24)
A luz vem, nada adianta
Mas a sede me consome, rasgou a garganta
A sede de viver (alguém me dá cobertura)
O cano em cima da mesa (cadê minha munição?)
Um pipoco na orelha (senta o dedo nessa porra)
Minha noção se foi

Tentei matar alguém, nem consegui ficar de pé

Nem tente entender, tudo se baseia em mentiras
Um belo dia pra morrer e nada a perder

Fincou sem dó
Disparou sem dó

Help me breath

Sou quem mantém essa porra em pé
Quem mantem essa porra

Fincou sem dó
Disparou sem dó

Sou quem mantém essa porra em pé
Quem mantem essa porra

(Qual) é a sua arma?
(Qual) é a sua bala?
(Qual) o calibre da sua vida?
Bate no peito, vai pro chão, ninguém derruba não!

Se foi por um triz, não foi sorte ou milagre
Sua bala não agüentou a pressão
Abre um buraco na minha testa não tem outro jeito
Abre uma cova no meu peito e deita dentro
(Deita dentro, caralho!)

Pra que tanta frescura pra tirar uma bala?
Não sei porque fugir, eu vou puxar com as próprias mãos
3. Impunidade (4:07)
Qual é o seu plano pra viver? ou você não tem?
Qual e o valor da sua vida? essa mixaria
Levando os outros, a se enganar
Fica ligeiro, tudo aqui tem um preço e você vai pagar

E será condenado, um corpo enforcado

Pense em toda a dor (que você causou)
Se juntou (se virou)
Contra você
E agora eu quero ver

(hey) não tente
(hey) fugir
(hey) você não tem pra onde ir

(hey) não tente
(hey) comprar
(hey) sua grana não pode pagar

Se a lei te inocentar, o mundo não irá
Você pode até deixar para trás, mas a culpa te acompanhará
Você é um fraco, mascarado no anonimato
Nem tente se esconder, não sou eu que preciso te ver

Otário

Você se fudeu
Não por mim, mas só por você
E vai cair, pro fim

Vai começar a rastejar (nunca vai levantar)
Vai começar a implorar (vai secar de chorar)
Agora implora o perdão?
Você só chora em vão

E ai, se sente bem?
Eu sei que não
Seu fim chegou por mim

Qual é o seu plano pra morrer?
Será q eu tenho que escolher?
Fico feliz em te dizer, vai se fuder!

(hey) não tente
(hey) fugir
(hey) você não tem pra onde ir

(hey) não tente
(hey) comprar
(hey) sua grana não pode pagar

E a lei te inocentou, mas o mundo te encurralou
E tudo aquilo que ficou pra trás, veio tirar sua paz

(hey) não tente
(hey) fugir
(hey) você não tem pra onde ir

(hey) não tente
(hey) comprar
(hey) sua grana não pode pagar

Foi, condenado
Foi, conde...
4. Capa de Jornal (3:18)
Ae pilantra, pensou que ia se dar bem?
Roubou, matou, explorou. Tirou de quem não tem?
Se sua vida não tem sentido, não atrapalha, não atrasa quem tá no caminho
Se sua vida é um desperdício, pode deixar que eu dou um fim nisso

Então, cola na grade e vem, toma murro na boca
Por você minha maldade vem. Joga na vala nessa porra

Quer ser o fodão, mete uma mala que você não tem
Faz cara de mal põe o dedo na cara, só faz o que te convém
Não aguenta nem um peido, e quando o bicho pega, liga pro papai
Mas agora nem tente, só se vier aqui varrer seus dentes

Então, cola na grade e vem
Só por você a minha maldade vem

Isso aqui não é lição de moral (sem vez)
Não vou gastar saliva com marginal (sem vez)
A treta é forte, se tiver sorte você corre
A treta é forte, na minha sorte você morre

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Então pode vir, que eu vou tá sempre aqui
Porque eu não fujo, eu luto, eu mesmo no escuro, eu busco
Eu sinto o seu cheiro de medo, eu farejo, eu percebo, eu nunca esqueço
Fica na moral marginal, se deu mal, virou capa de jornal

Capa de Jornal

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Meu santo é forte
Vem tentar a sorte

Vamo ae!

Cotovelada, joelhada, soco e pontapé
Cheguei quebrando, arregaçando pro que der e vier
Eu tentei, te avisei que ia pegar você
Só vou parar de bater, quando minha mão adormecer

Filha da Puta!
5. Se Quiser (6:28)
Você só fala, incapaz de agir
Fica se lamentando, vendo tudo ruir
O milagre não vêm, é você que tem que ir atrás
Não adianta chorar, então levante e vai buscar

Tente outra vez

As horas passam e com ela os dias
Seu tempo está esgotando
Tome um caminho e decida
Cabe a você escolher, não importa o caminho que siga
Só tenha coragem, e não desista

Antes que amanheça, com a cabeça na bandeja
Antes que perceba, que não tem mais pra onde ir

E você não tem que entender
Se deu errado, tente outra vez
Nada tá escrito, é você que vai escrever
Se errar apaga e escreve outra vez

Antes que amanheça, com a cabeça na bandeja
Antes que perceba, que não tem mais pra onde ir

O milagre não virá, não virá até você
Você tem que segui-lo, segue o caminho, corra atrás do que crê
Então comece a acreditar, e faça acontecer
Bate no peito, levanta a cabeça, chega e apareça
E o milagre não vem (não vem até você)
Bate no peito, levanta a cabeça e apareça

A vida dá o que você pede
E tudo que merece
Nem sempre é o que parece
E nem te fortalece
Só o mais forte permanece
Se fortaleça
E você alcança, se quiser

Você só fala, incapaz de agir
Fica se lamentando, vendo tudo ruir
O milagre não vem, você precisa ir atrás
Não adianta chorar, levanta e vai buscar

O milagre não virá, não virá até você
Você tem que segui-lo, segue o caminho, corra atrás do que crê
Então comece a acreditar, e faça acontecer
Bate no peito, levanta a cabeça, chega e apareça
E o milagre não vem (não vem até você)
Bate no peito, levanta a cabeça e apareça

A vida dá o que você pede
E tudo que merece
Nem sempre é o que parece
E nem te fortalece
Só o mais forte permanece
Se fortaleça
E você alcança, se quiser

A vida dá o que você pede
E tudo que merece
Nem sempre é o que parece
E nem te fortalece
Só o mais forte permanece
Se fortaleça
E você alcança, se quiser

O que você merece, nem sempre fortalece
Se fortaleça, se quiser
6. Violência Gratuita (3:55)
A mão se fecha, mostrando a fúria
Os olhos dilatam, ninguém segura
Meu peito queima, mostrando a hora certa de agir
E botar pra fora, todo o podre dentro de mim

Sinto que não posso mais me controlar
Minhas mãos formigam, não consigo me segurar
Filha da puta
Minuto por minuto, eu vou contar
Filha da puta
Cinco minutos de violência gratuita

Quebro o silêncio de qualquer lugar
Ninguém aguenta o que eu vou falar
Filha da puta
E pra quem quiser mostrar
Filha da puta
Tem espaço na roda pra encarar
Filha da puta

Sinto que não posso mais me controlar
Minhas mãos formigam, não consigo me segurar
Filha da puta
Minuto por minuto eu vou contar
Filha da puta
Cinco minutos de violência gratuita

Beira a loucura poder sentir isso aqui
Será loucura não sentir isso aqui

Sente essa porra!

Abre a roda, ou sai fora
Abre a roda, ou sai fora
Abre a roda, ou sai fora
Abre a roda, ou sai fora
7. Amanhã Negro (4:32)
E o tempo começa, o começo de um tempo
Rever os seus conceitos de não ser julgado pelos crimes que fez
(Pelos crimes que já fez)
Então prepare, o pior, você é a bala da vez
Esse é só o começo

Enganou a todos só para alimentar o seu próprio ego
Consumido por rancor que o transformou em cego, o que é ódio, é dor

E o amanhã não terá e não verá futuro
Aprendemos a viver e tudo volta á nós

Recomeço de um fim e seu tempo acabou
Você não terá as chances de dizer adeus
Será julgado (Será culpado)
Pelos crimes que fez, é uma bala por vez
É o recomeço

Foi julgado, culpado por enganar e por alimentar
Julgado sem dó, nem perdão
A única coisa que fiz, foi apenas esconder

Sem pudor, enganou a dor, inventou o terror
Seu rancor, fez perder o amor e gerou a dor

Sem pudor, enganou a dor, inventou o terror
Seu rancor, fez perder o amor e gerou a dor

E o amanhã não terá, e não verá futuro
Aprendemos a viver e tudo volta á nós
Não cabe mais a mim, rever o que é certo
Me condenei a não ver mais meu amanhã negro

Sem pudor, enganou a dor, inventou o terror
Seu rancor, fez perder o amor e gerou a dor

Sem pudor, enganou a dor, inventou o terror
Seu rancor, fez perder o amor e gerou a dor

Cada um tem o que merece, sua sentença
Se não aguenta, então, esquece
No caminho perece quem não tem coragem pra seguir
E ter que aceitar o seu amanhã negro

Não cabe mais a mim rever o que é certo
Me condenei a jamais ver meu amanhã negro

Meu amanhã não terá, e não verá futuro
Aprendemos a viver e tudo volta á nós

Seu rancor, fez perder o amor e gerou a dor
Quem não tem coragem pra seguir, ter que aceitar o seu amanhã negro
8. #46 (1:44)
9. Dor (4:08)
Não procuramos o silêncio, ou uma falsa paz
Pois essa porra não leva a nenhum lugar
Gritamos alto pra mostrar, explicar
Basta entender que não está sozinho, outros dependem do que vai falar

E o que você não diz, atravessa a garganta e um dia vai voltar
E o que você não diz, não conseguimos esquecer
A gente finge que ta tudo bem, mas é o que faz eu tretar com você

Por que o amor nos faz, odiar?
A confusão domina o emocional, fica difícil de controlar
Grita tão alto que faz, a mente nos expor
E nos mostra o caminho mais fácil
A falsidade que alivia a dor

Sua fraqueza, vai voltar, e te jogar, num poço sem fundo
Toda vez, que mentir, se calar, se trancará do mundo

É cruel, mal e infiel não adianta pedir perdão
Frases ensaiadas não comovem o coração
O seu silêncio, machuca, judia, e espanca até matar
Você se cala até o fim, é a facada que não faz sangrar

Essa é a dor
A verdadeira dor
Verdadeira dor
Eu sou a dor
10. No Rastro do Medo (5:36)
Você quer tudo o que não pode ter
Esquece do seu conforto e sossego
A vida não é nada do que tem na tv
Que dita as regras, te põe no rastro medo

Seu poder não vai ajudar, vai te matar

Essa é a maldita verdade, é só isso que você terá
Todos sabem que existem as guerras, mas ninguém se importa

Não corra, se foi chamado pra batalha, chora
Vai lute, vitórias vem com atitudes, mude
Não corra, bate de frente na batalha, cola
Vai lute, se ganha guerra com atitudes rudes

Seu poder não vai ajudar, vai te matar

(cadê agora o seu sarcasmo?)
Sua expressão de dor e horror
(a vida é justa e vai cobrar)
Não tente fugir
A morte fareja o medo e quem não teme sobreviverá

É facil falar, difícil é agir
A doze estala dentro da sua boca
Sorria pra morte ou aceite a sua sorte

É tudo o que a guerra trás

Tentando entender porque tá morrendo?
Você grita, mas quem quer saber?
O assassino olha na bola do olho
Manda você se foder e só dispara uma vez

1, 2, 3, vai!

É facil falar, difícil é agir
A doze estrala dentro da sua boca
Sorria pra morte ou aceite a sua sorte
11. Acorda Pra Vida (7:49)
De volta á sua vida, pode entrar e se deliciar
Fôda com tudo mas não deixe, que ninguém tome o seu presente
Manipular você num pensamento inconsequente
Um ato obscuro, essa merda é o seu futuro

Pensou que seria fácil achar que errar é normal?
Fez a merda para os outros, cometeu um erro fatal

Pensou que seria fácil achar que errar é normal?
Fez a merda para os outros, cometeu um erro fatal

Você só fala, nunca faz nada
Bonequinho de pano, fruto do engano
Marionete movido á farsa, sua cara de santo não disfarça
Como se sente nessa? Já que virou a caça

Isso não é o seu teatro
Aqui se faz, aqui se paga
Réu ou juiz do seu futuro
Que te leva pro céu, ou te joga pro inferno

Abra os seus olhos e não deixe fechar
Por que essa é sua vida
Quando tá na merda, ninguém vem te buscar
Então acorda pra vida

Acorda pra vida, caralho!
Ninguém te quis aqui
Acorda pra vida, caralho!
Ou deixa de existir

Acorda pra vida, caralho!
Ninguém te quis aqui
Acorda pra vida, caralho!
Ou deixa de existir

Isso não é o seu teatro
Aqui se faz, aqui se paga
Réu ou juiz da porra do seu futuro
Que te leva pro céu, ou te joga pro inferno

Abra os seus olhos e não deixe fechar
Por que essa é sua vida
Quando tá na merda, ninguém vem te buscar
Então acorda pra vida

Abra os seus olhos e não deixe fechar
Por que essa é sua vida
Quando tá na merda, ninguém vem te buscar
Então acorda pra vida

Abra os seus olhos e não deixe fechar
Por que essa é sua vida
Quando tá na merda, ninguém vem te buscar
Então acorda pra vida

Então se liga, e viva a sua vida
E viva a sua vida
E viva a sua vida
Info / Statistics
Bands : 28,303
Albums : 101,899
Reviews : 6,574
Lyrics : 94,545
Top Rating
 Killswitch Engage
The End of Heartache
 rating : 86.5  votes : 12
 Time Concerto
The Redemption
 rating : 95.6  votes : 20
 Adramelch
Irae Melanox
 rating : 91.5  votes : 12