ID
PW
Login  Register  Help
My album reviews/comments My collection My wish list
Aurora Rules - A Sombra do Presente cover art
Band
Albumpreview 

A Sombra do Presente

(2012)
TypeStudio Full-length
GenresMetalcore
Album rating :  -
Votes :  0
Lyrics > A > Aurora Rules Lyrics (9) >

A Sombra do Presente Lyrics

(9)
Submitted by level Hykez
1. Interlúdio
2. O Que de Mim Restou
Por mais , que possa parecer menor
Eu hoje posso ver que enterrei em mim , tudo que não me fez valorizar
E afastou o que em tempos foi o meu melhor

Não posso mais , me enganar que não está em mim
Que voçê não está mais em mim e mesmo que não durar;
Eu vou lutar e te fazer morrer , mais uma vez.

E quando eu ver que não estou ouvindo a mim mesmo (x2)

Vou reparar , todos os buracos que ficaram
E nunca deixar, que essas grades me sufoquem

Eu não vou deixar que o tempo leve o que sobrou de mim(x2)

É como ter o corpo e não poder se manter
Sentir nos pés a volta que está por vir e ao abrir os olhos você não vê

Que já se foi e tudo se passou
E se perdeu com o seu prazer
Se fes presente tanto que te machucou
Você não sabe viver

Não vá deixar que isso seja como um problema que te consome e não se vai

Refrão.

E por mais que eu não queira ver , eu não tenho nada a perder
E oque eu devo fazer , é seguir sem pensar e simplesmente aceitar que mudou

E o que de mim restou?
E o que de mim restou?
3. Intro (O Poderoso Chefão)
4. Eu Vou Vencer
Eu vou vencer, independente de você
Encarar tudo de frente e não me encolher
A ambição, já não suporta mais
Os delírios de uma mente insegura e incapaz

Na escuridão, você não sabe quem sou
Ouço seu som, mas não consigo te ver

E se você
Achou melhor perder ao enfrentar e tentar vencer
Não sou eu, e nem outro alguém
Que vai te livrar de ser sempre um refém.

Por quantas vezes, eu já tentei
Te mostrar que você é capaz
Basta entender e confiar em você.

Suas derrotas , são só o que
Aquilo que está por vir.
Quem só lamenta, não é capaz de se erguer!
5. Talvez o Único Refrão Sem Verso
Não há palavras
Que descrevam o que sofri
Algumas delas são vergonha e fim.

Por quantas ruas
Caminhei sem descobrir
Aonde estava ou pra onde ir.

O mais dificil
È não poder falar
Manter me calmo ao te ouvir chorar

Como eu queria
Ter a chance de provar
Que não fui eu quem tentou lhe enganar

Por quantas ruas me perdi
E todas vezes que escolhi fugir

Paralisado não sabia o que pensar
Só lhe pedia para acreditar

E se eu disser que não fui eu
Que tentou lhe encontrar e dizer que não foi
Ao menos uma vez
6. Indiferente
Estou aqui (eu estou aqui)
Não sei se vai dar certo, mesmo assim eu vou tentar
Você se foi (você se foi)
quebrando a promessa que me fez ficar.

Meu sonhos se despedaçaram (não vou mudar quem sou)
e eu tive uma visão, pensei só em você
e agora pude ver

Você foi tao indiferente (você foi)
que conseguiu acabar com agente (que conseguiu)

(Let's Go)
7. Seu Próprio Ar
Sei que o seu próprio ar,
É capaz de te sufocar, e nem mesmo o seu Deus
Lhe estende as mãos para, te ajudar

Já não existe, fogo no seu olhar
Nem os seus sonhos, mostram aonde chegar
Todas as chances, foram ao se deitar
Vencer o medo, ou mesmo não tentar

Não vou . Eu não vou mais aceitar
O fim. O fim está perto de mim.
Por mais , que eu tente aceitar...

Não vou . Eu não vou mais aceitar
O fim. O fim está perto de mim.
Por mais, que eu tente aceitar...

Não vá pensar que eu vou me entregar
Não vá pensar que vou, que vou mudar.

São só as sombras, não se assuste assim
São só as sombras, isso não é o fim.
São só... não se assuste assim
São só... isso não é o fim

Por isso, fique um pouco mais
Não sinto mais em mim, o que ficou aqui
Já sei que não, te satisfaz
Tentei dar o melhor de mim, você quem quis assim

Por isso, fique um pouco mais
Não sinto mais em mim, o que ficou aqui
Já sei que não, te satisfaz
Tentei dar o melhor de mim, você...

Você quem quis assim.
8. A Sombra do Presente
Quanto mais gestos eu me perco mais
Perdido entre o certo e oque sou capaz
Provando o maldito teste de valor
Cegado pelos olhos que escondem a dor.

E a quem culpar essa situação ?
Se todos permitimos esse mundo cão
Em meio ao fluxo se destona o mal ,
Caracterizado por mais um banal.

-não há respostas para o seu falso moral ??

''- eu nao sei mais oque sou!"
" - não há mais solução!"
"-não há mais o que ser!"
"-não é real!"

E nesse momento voce ouviu..
Não há mais nada que eu possa ser
Nem oque eu possa te dizer.

Não pense que eu sou cego ao ponto de nao ver !(4x)

É fácil perceber
Que o fim sempre esteve aqui
Dentro de mim
Dentro de você

E eu sigo pensando em nunca mais tentar
E acreditando que vai mudar
Que continue o que voce faz
Oque é seu nunca se desfaz..
9. Falso Julgamento
(se levante!)
O tempo não se acabou.
(irrelevante!)
São os motivos que alegrou.

Não vou deixar você se afundar,
Só quero que...
Não... venha me dizer (só quero ver suas vitórias)
De joelhos me de suas mãos (vamos fugir daqui).

Vou tentar fugir (vou tentar fugir)
E até tentar esquecer, mas a certeza é que eu não vou voltar atrás
(não vou voltar atrás)

E qual o problema em ser quem sou!
Você se julga maior que o meu valor, que o meu valor.

Como é capaz de entender algo que nunca ousou conhecer
Não julgue meus atos nos poucos pedaços que dei a você.

Não quero mais pensar! (em tudo que passou)
10. Requiem
Eu não me lembro mais do que fui capaz de esconder tão dentro de mim , eu nao quero nem ver...
O que você pensa de mim não é mais oque eu venho a ser.

São tantas faces , que você tem que escolher aquela que mais se adapta a você
Seu comodismo , cegou sua razão te adaptaram pra não ter como ver.
Você é o fruto de uma mentira manipulada!
Você é o vírus que perpetua a maior farsa.
Você é o fruto de uma mentira manipulada!

E como eu poderia não ver,
Por quantas vezes eu tentei não ser você.
E como é não viver?
E como eu vou saber.
Um dia eu vou poder dizer que enfim se foi...

Qual a solução?
Mesmo sem sentir eu posso prever,
Que a ganância está,
Em cada brecha ou pedaço que constrói a sua mente .

E como eu poderia não ver,
Por quantas vezes eu tentei não ser você.
E como é não viver?
E como eu vou saber.
Um dia eu vou poder dizer que enfim se foi.
11. Resistência
Saiba que aqui nao existe pra sempre
Somos só o passatempo do mundo
Não se deixe enganar
Seu egoismo só irá te afundar

São elos pequenos, que nos tornam um só
A verdade é bem clara porém ocultada se você não pensar !

Você precisa repensar , ou nada disso irá mudar
Busque entender oque é o amor, ou nada disso irá mudar

E oque voce conquistou ?
E agora ? não há mais nada do que ficou .

E é só ai que voce vai chegar ?
E qual a barreira que te fez parar ?
Eu já não sei.

Sinta o seu orgulho morrer junto ao seu status! (x2)
Sinta morrer !
Sinta o seu orgulho morrer junto ao seu status!

Resista

Você precisa repensar, ou nada disso irá mudar
Busque entender oque é o amor, ou nada disso irá mudar
Info / Statistics
Bands : 28,289
Albums : 101,848
Reviews : 6,567
Lyrics : 94,446
Top Rating
 Scorpions
Blackout
 rating : 90.6  votes : 21
 Kansas
Leftoverture
 rating : 92.4  votes : 9
 Dismal Euphony
Autumn Leaves
 rating : 90.1  votes : 11